sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

A Borboleta no Casulo

Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo; um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais. Então o homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas. O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar a tempo. Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que a natureza fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo. Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida. Se passassemos esta nossa vida sem quaisquer obstáculos, nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido.
Eu quis Força e recebi Dificuldades para me fazer forte.
Eu quis Sabedoria e recebi Problemas para resolver.
Eu quis Prosperidade e recebi Cérebro e Músculos para trabalhar.
Eu quis Coragem e recebi Perigo para superar.
Eu quis Amor e recebi pessoas com Problemas para ajudar.
Eu quis Favores e recebi Oportunidades.

Eu não tive nada do que quis...

Mas eu recebi tudo de que precisava.

3 comentários:

paula disse...

oi lu tudo bem estou querendo fazer a cirurgia bariatrica e gostaria de saber se vc ja tinha unimed ou se fez so pra isso, pois estou querendo fazer o plano da unimed, porem so libera depois de 2 anos

Lu Máfia disse...

Oi Paula, tô bem e vc...
Eu tinha um outro plano "Saúde Empresarial", qdo comecei a pensar em fazer a cirurgia a empresa que trabalho tb aderiu a Unimed e ofereceu ao funcionários que quisessem... Preferi trocar antes mesmo de começar a fazer os exames e as consultas, mas como é plano empresarial não tive carência e pude operar dentro de 6 meses assim que terminei meus exames e consegui os laudos. Bjkas qualquer duvida me mande e-mail que terei muito prazer em responder...

Lu Dias disse...

Oi Lu!! Adorei seu blog! Obrigada por compartilhar conosco toda sua saga!
Estou muito interessada em fazer a cirurgia. Meu plano é o SAUDE (Sistema Assistencial Unificado de Empresas), não sei se é o mesmo que vc tinha mas tenho andado pelos blogs e comunidades e ainda não vi ninguém que operou por ele. Vc tem alguma informação sobre isso??
Bjs